5.11.17

Quer dizer... você não assiste Netflix?

Olá, lindos e lindas taradinhos por uma série que te prenda por umas boas horas e alguns potes de pipoca! Confesso, ando um pouco viciada demais em Netflix ao ponto de eu ficar braba por aff-mais-uma-série-acabou e o-que-vou-assistir-agora? Andei conhecendo umas pessoas que abriram o jogo e disseram que não assistem séries. Perguntei o motivo, e a resposta era apenas "err... porque não".

Para tudo! Porque agora eu vou te dar três bons motivos para você assinar Netflix, ser inútil por algumas horas e preencher o coração com boas séries e filmes. Vamos lá?

1. Lucifer


Quando terminei a primeira temporada quase entrei em depressão, porque chegar em casa e assistir Lucifer era rotina sagrada das trevas.

Lucifer Morningstar é o Senhor das Trevas - muito, muito gato por sinal - e resolve tirar umas férias do Inferno, mudando-se para Los Angeles. Lá ele abre uma casa noturna, Lux, juntamente com sua aliada demoníaca Mazikeen. Depois do assassinato de uma amiga celebridade, Lucifer se envolve com a detetive Chloe Decker, e a ajuda a desvendar homicídios.

O que mais me chamou a atenção, é o fato de ser uma série policial com esse toque especial de Inferno e Paraíso. Além disso, desde o primeiro episódio, Lucifer fala abertamente sobre sua identidade e de onde vem. Contudo, é claro, ninguém acredita que ele realmente seja o Diabo em pessoa.

2. Stranger Things



A série se passa em Hawkins, pequena cidade em Indiana, na década de 1980. A história se dá em torno do desaparecimento de uma criança, Will Byers, e toda a cidade pensa que ele foi morto, havendo inclusive um funeral. Sua mãe, Joyce, sente que ele ainda está vivo e pedindo sua ajuda através de alguns sinais um pouco sinistrosSeus amigos, Mike, Dustin e Lucas, conhecem Onze, uma garota com poderes psicocinéticos que sabe o paradeiro de Will.

O que dizer sobre essa série? Não tenho nem palavras. O enredo é muito interessante, além de ser protagonizado por crianças super engraçadas, inteligentes e curiosas. Alguns acham que é uma série de terror, mas não! É um suspense que dá uns sustos de vez em quando, mas com um ótimo balanço de comicidade - que adoro!

É legal ressaltar que todos os elementos da série são bem marcantes dos anos 80: trilha sonora, referências de filmes, roupas, carros, eletrônicos. Tudo para você mergulhar nesse universo que está super em alta.

3. Happy



Se você acha sua vida ruim, meia boca, sente-se desmotivado, acha que o mundo conspira contra você por sua falta de sucesso, dinheiro e até mesmo felicidade, você deve assistir à esse documentário.

Ele se passa em diversos locais do mundo: Japão, Dinamarca, Índia, África, Estados Unidos... até aqui no nosso Brasil. O intuito do documentário é registrar o que é a verdadeira felicidade em diversos meios culturais. E você aprende que a felicidade flui de diversas formas, seja voltar do trabalho e ver os filhos; manter as tradições da cidade; conviver em um grupo habitacional com diversas famílias; sentir a natureza, curtir a brisa da praia e surfar. O que é felicidade para mim, pode não ser para você, certo? Certíssimo!

Agora não tem desculpa, não é? Agarre um balde de pipoca, o mozão ou o pet mesmo e have fun!

2 comentários:

  1. Meu pai assinou recentemente a Netflix e estou aproveitando para assistir todos os episódios do Clube das Winxs, SIM. Iniciei Vickings e Arrow, mas confesso que apesar de ter achado o enredo bem legal eu estou ficando um pouco cansada. As únicas séries que assisti completas foram Jennifer Falls e Glow, pq ambas possuem apenas 1 temporada (mas Glow terá continuação). A série pode ser super interessante, mas não tenho muito saco pra acompanhar tudo e tals, prefiro os meus bons e velhos livros ahushau.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha sei como é, Jenni! Eu comecei a assitir Sons of Anarchy, mas o negócio cansaaaaaa! Eu vi a primeira temporada inteira de Vickings, mas só não aguentei pois era muito violento mesmo hahaha o último ep da primeira temporada é de traumatizar!

      Excluir

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo